25 de junho de 2016

Um texto sobre autoconfiança

 
Há aquela maravilhosa sensação que o amor próprio proporciona, aquela que a gente sente ao se pegar com uma lembrança de mocinha apaixonada, e então se dá conta que o tal crush que está na sua mente, tirando-te risos bobos, é você mesma! Há essa sensação que só as sortudas sentem, aquelas que conseguem ver coisas boas em si mesmo até mesmo depois de alguém te faz se sentir difícil de ser amada e fácil de ser substituída. Essas sensações, queridas, não é pra qualquer um, mas não se preocupe se você ainda não chegou nessa doce fase... eu mesma demorei muito tempo pra estar assim: tão encantada comigo mesma. 

É claro que de vez em quando me vêm alguns desses pensamentos ruins, aquela luta interna que tenho que enfrentar de vez em quando para conseguir deixar coisas tão boa para trás. Mas se são tão boas, porque deixar pra trás? Há algum tempo eu tinha essa resposta, hoje já não tenho tanta certeza. 

Mas uma certeza eu tenho: a noite está para mim. Acabei de me olhar no espelho e sentir uma pequena tristeza ao lembrar que aquela pessoa nunca mais vai tocar no meu rosto, ou no meu cabelo. E que cabelo! Só eu sei como é ficar anos sem ir ao cabeleireiro e ainda ter o cabelo elogiado todos os dias, nem todo mundo tem essa proeza. Melhor do que cuidar de mim mesma, é cuidar para que não chegue perto de mim todos aqueles que um dia me fizeram mal. Mas não tem problema, agora eu sei cuidar muito bem de mim.

Eu estou na minha melhor fase, uma fase de autoconfiança. Posso dormir com o cabelo molhado sem me preocupar se amanhã estarei com o cabelo todo amassado e com todos me achando feia. Eu não me arrumo para os outros, me arrumo para mim mesma (isso quando eu me arrumo), aos meus olhos, eu sou perfeita para mim, e aí de quem dizer que não! Ai de quem se atrever a achar que pode com tudo isso. Não pode não, querido! Para eu me dividir com você, só se você for louco o suficiente e me convencer de que nada mais justo do que eu ser toda eu com um pouco de você.

18 de junho de 2016

Look do dia: um vestido velho


 

Oi gente!
Postagem rápida, só pra atualizar. Olha que linda essa make que fiz em mim essa noite! Fiz na minha irmã também, arrasamos, não é?

Esse vestido, como o título diz, é velho... não velho: antigo. Isso.  E eu adoro ele desde que o ganhei. Vocês gostaram dele?

Postei esse look mara no meu lookbook.nu (não deixem de dar um HYPE, ok?).

Big beijo!

15 de junho de 2016

Melhor do que ninguém

Ela esticou bem suas pernas e mexeu os dedinhos dos pés. O que você está fazendo? “Só tomando um arzinho”. E então nós rimos. Voltei a olhar para o armário... tantos vestidos, e nenhuma oportunidade de usá-los. “Frio só é bom pra dormir com quem a gente ama”, "o problema é que você não ama ninguém". Olhei com credulidade pra minha melhor amiga, mas me recompus, afinal de contas, ela tem razão. “Nada melhor do que o verão, pelo menos ele permite que usemos roupas bonitas”, continuou. 

Sentei ao seu lado com as mãos entre minhas coxas. Só esse mês já ouvi coisas horrorosas ao meu respeito. Na verdade a minha vida inteira foi desse jeito, será que sou tão ruim assim? Pensei. Antes dela ir embora, me disse que me ama. Bom, pelo menos ela me ama mesmo depois de eu ter roubado seu amor há três anos, mas veja bem, se eu não tivesse feito isso, ela não estaria com um namorado tão perfeito e que te ama tanto, como está agora. No fundo ela sabe disso, no fundo as coisas que eu faço de errado, geram bons resultados. 

Bebi um grande gole de café. Amargo - pensei. Enquanto fazia careta, dei uma generosa mordida no bolinho de chocolate que o acompanhava: maravilha. Repeti o gesto até chegar na metade, a outra metade é sua, meu amor, mesmo que não esteja aqui, metade de tudo que eu gosto (e metade de tudo que sou) é seu também.

Sozinha mais uma vez. Não vê que é um ciclo? Forçando uma expressão de tédio em meu rosto. É claro que você não mudaria de ideia, você foi educado para ser um homem de palavra, por que eu achei que deixaria de ser assim por minha causa? Que bom que não deixou. Posso até ser o seu primeiro amor, mas isso não significa que ficaríamos juntos. 

Até porquê, por que ficaríamos? Que graça teria? Tive meu primeiro amor mil vezes por ano a cada ano: é tudo passageiro. Eu acredito nessa coisa de amor de verdade, desses que a gente vê em filmes ou nas redes sociais, só não acredito que possa acontecer comigo. O amor é uma maravilha de delícia que nos desperta inúmeras emoções, mas ele principalmente machuca. Você merece conhecer mais primeiros amores na sua vida.

Me conheço: sou insuportável, fútil e ignorante. Metade de mim é tédio, outra metade e desgosto. Eu poderia te levar as alturas, fazer rir, você nunca se esqueceria de mim. Você nunca vai esquecer. Mas ao mesmo tempo, te faria querer ir embora, me deixar para trás, pedir conselho aos amigos sobre como fazer para me tirar da sua cabeça. Mas, querido. Para e pensa: Por que pedir conselho pra alguém, quando eu posso fazer isso melhor do que ninguém?

14 de junho de 2016

Fifth Harmony: em cada música, uma lição

 Boa noite, meu povo!

Tem uma banda que eu amo muito, chama-se Fifth Harmony. Essas meninas e Ariana Grande tem uma coisa em comum: músicas boas, vídeos ruins. Eu evito de ouvir cada CD novo, porque sei que se eu ouvir uma vez, não conseguirei parar, e isso é um problema se o celular trava muito ou se você precisa que a bateria dure o dia todo! 

Se tem uma coisa que eu amo nas músicas dessas meninas, além da voz e do jeito de cantar (é claro), são as letras, as lições que elas passam nas músicas! Toda vez que ouço, sinto-me poderosa, como se eu fosse capaz de fazer qualquer coisa, como se o mundo estivesse ao meu favor e como se nada pudesse me deixar para baixo. Eu adoro essa energia e acho super viável compartilhar isso com vocês!

"Vivendo a vida, nos sentindo ricas, esta é a vida, somos as melhores neste negócio, sem chance de nos separarmos." The Life

"Não serei deixada lá fora no frio, no escuro onde você sempre brilha." Young and Beautiful

"Você diz que é rico e vejo que está tentando flertar comigo, mas não foi assim que fui criada." Bo$$

"Sou confiante, não quero seus elogios. Use seu bom senso." Bo$$

"Eu disse te amo, mas eu menti, porque o amor nunca me deixou tão alta." I Lied

"Boas meninas são melhores sendo más. Você já caiu antes. Você já se machucou antes. Você se levantou antes." That's my girl

"Eu não sei por que você sempre pensa que eu estou insatisfeita com o nosso paraíso, que eu estou querendo as árvores, que crescem mais verdes, mas você sabe que tudo o que eu quero é você." Gonna Get Better

"Por que está me olhando como se fosse esse tipo de garota? Só porque sou gostosa não significa que eu sou aquela garota" Not That Kind of Girl

"Cara, eu quero gostar de você, mas é melhor se você ficar quieto.(...)  É, estou tentando te dizer, mas você não entende, se me tocar, vai se arrepender. Você vai ver, me teste." Not That Kind of Girl

"Um rosto que poderia me destruir, estou meio apaixonada por você, mas nunca te diria isto." Dope

"Eu sei que sou legal pra caramba, você quer mais disso Até aí, eu sei que é verdade, mas nunca diria isto para você." Dope

"Se você está esperando por mim, você vai esperar a noite toda" Going Nowhere

"Quando eu olho nos seus olhos, eu vejo o fundo de minha alma. Eu sei que você é bom por dentro, você é meu herói manchado." No way

"Bem, mesmo que você seja tão lindo, sei que estou bem melhor sem você. Mesmo se você me vier à cabeça, sempre vou ter que duvidar de você" We Know

"Eu não tenho muito dinheiro, mas tenho muito estilo." Top Down

Esses são os meus trechos preferidos! Vamos aguardar mais e mais CD's dessa banda maravilhosa, e que os clipes venham a ser destruidores assim como Bo$$ foi uma vez! A pergunta que fica agora é: consegui transmitir pra vocês toda essa energia que falei no começo do post? Espero que sim!

Bjosss para os leitores mais lindos desse mundo!

26 de maio de 2016

Fotos recentes

Compartilhando com vocês essa árvore linda que achei aqui em Aparecida do Taboado, e essa minha pose à la Arctic Monkeys:
"Parou e estufou o peito
Como se nunca tivesse perdido uma guerra"
Poucas coisas me fazem me sentir tão bem e confortável quanto uma xícara de café e estar na minha própria casa.
Me falaram que as vezes eu faço uma cara de mal.
Pulseira linda que comprei no Magazine Biju aqui de Aparecida do Taboado por R$4,99! Maravilha.

Amiguinha da facul e eu aos olhos do fotografo da aems.
Carteira mara que comprei da Aliexpress. Apaixonada! Paguei apenas US$5,30 e chegou em 37 dias. Confesso que estou aflita de sair com ela e perder (porque quando eu não quebro alguma coisa, eu sumo com ela, e perder carteira é prejuízo). Link do produto aqui.
Fotos... Fotos... Fotos...
Há um tempo estava me acostumando a parar de fotografar tudo que acontece na minha vida, de fazer poses, caras e bocas. Mas depois de certos acontecimentos, entrei em uma disputa por atenção na qual não faz sentido eu estar dentro. Depois de um tempão desacostumada, para se acostumar é como escorregar no escorregador: fácil, fácil... 

Foto não é apenas se auto-promover, mas guardar lembranças, apesar de que tem uma frase que eu uso muito como desculpa para jogar coisas foras: "As melhores lembranças estão na nossa mente, não em coisas". Só que, confesso, as vezes ainda guardo alguma florzinha, ou pulseira, ou cartinhas e até mesmo fotos. Lembranças são todas aquelas coisas que você carrega na mente, no coração e na bolsa.

Beijinhos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...